Cátia @ 01:15

Qua, 08/09/04

russiaflores.jpg

Após estar impossibilitada de fazer updates no blog por uma qualquer razão desconhecida que tem a ver de certeza com uma falha qualquer do serviço da sapo (mais uma vez...), o anterior artigo está datado a 4 de Setembro (altura que foi escrito) mas só hoje foi possível publicá-lo. Assim sendo está, como é óbvio algo desactualizado nos dados.

Passados 4 dias da tragédia de Beslan contam-se já com perto de 350 mortes confirmadas (156 eram crianças), 200 pessoas desaparecidas, 128 corpos irreconhecíveis, mais de 400 pessoas internadas nos hospitais... mais de 200 são crianças. Crianças que mal falam, crianças que não sabem os seus nomes ou os dos seus pais, crianças demasiado traumatizadas para serem capazes de ir a uma escola, para continuarem as suas vidas, para esquecerem aqueles 3 dias. Crianças que perderam amigos, irmãos e irmãs, talvez pais, avós, professores. Crianças que provavelmente desenvolverão uma sede de vingança, crianças que não serão capazes de desculpar um acto imbecil... um acto que pretendia começar uma guerra... e provavelmente terão realmente começado... infelizmente.

Hoje foram publicadas imagens filmadas dentro da escola, pensa-se que ainda no primeiro dia do sequestro. É possível ver-se as bombas penduradas a pouco mais de um metro das pessoas, é possível ver-se um rasto de sangue no chão, é possível ver-se pessoas quase que apilhadas umas sobre as outras...

Aquelas eram as caras... aquelas eram as vidas, aqueles eram os sonhos...


Na memória deles ficam caras, olhares, momentos.
Na minha memória ficam as imagens. Na minha cabeça ficam a rondar pensamentos de coisas estranhas que aconteceram e para mim inexplicadas e assim devem continuar. Contra-senso em vários dados fornecidos pelas próprias autoridades russas, explosões que se dão sem se perceber porquê ou quem as fez eclodir. Números incertos de sequestradores encontrados, capturados, mortos, vivos. Populares que "passeavam" ou retiravam vítimas do ginásio enquanto tiros eram disparados à sua volta e bombas explodiam. Declarações das tropas russas que diziam ter a escola sob seu controlo quando era possível ouvir-se os tiros e explosões constantes, dps já tinham praticamente sob controlo, depois já estava de novo sob controlo... enquanto populares e jornalistas tinham acesso a todo o cenário macabro. Falta de planos de emergência... Algo falhou redondamente naquele dia, falhou demasiado!

******
Cátia


Setembro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
17
18

19
20
22
23
24
25

26
28
29
30


Arquivo
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


Pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO