Cátia @ 12:12

Dom, 04/10/09

Veio o silêncio. Não compreendo nem sinto compreendida. Não sei o que procurar, não sei o que posso ter. Completamente perdida em palavras, gestos, atitudes e sentimentos que agora parecem tão falsos, tão forçados. Dou quando devo tirar, tiro quando devo dar. Seja de uma ou outra forma continuo a bater ao lado, às escuras em dias sem caminho nem orientação.
Procuro e não estás, tenho de ignorar para apareceres. Hoje fazes parte para amanhã não seres, sempre na incerteza.
O coração diz sim, a cabeça tem de dizer não.
Sinto-me gelada, sem força. Sinto-me perdida num estalar de dedos.
Não posso sentir para não sentir demais, tenho de sentir para não sentir de menos.
Estou perdida em pensamentos inseguros, tentando manter de pedra e cal sentimentos que parecem já não ter valor.
Talvez feche as portas. Talvez devesse manter as janelas fechadas. Talvez não devesse deixar entrar.
Sinto-me gelada, sem força. Sinto-me perdida num estalar de dedos...


De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



Outubro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


Arquivo
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


Pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO