Cátia @ 02:41

Sex, 08/07/05

AA

AA

AA
Fotos Retiradas do site da Sky News

Estas são as imagens que vimos hoje, vezes sem conta, uma após outra, todas são imagens de sofrimento, dor, destruição, ódio, guerra. Todas são imagens de pessoas inocentes que, mais uma vez sofreram nas nãos de alguém. Alguém que supostamente é um grupo extremista islâmico. Alguém que quer ser ouvido e respeitado mas esqueceu-se de respeitar o mais importante: a vida.

Hoje acordei. Eram cerca das 10h30 quando liguei a televisão, pouco depois a SIC Notícias dava em directo a notícia de última hora. Tudo muito incerto e confuso, sem se perceber de facto a magnitude do que aconteceu.
Foi o dia todo, e continua... foi o dia todo para nós mas para muitas vidas foi o último segundo.

Não pretendo descrever o que aconteceu, todos sabemos que coincidiu com a abertura da Conferência dos G8. Todos sabemos que foi um ataque terrorista. Todos sabemos que ficaram feridos para lá das 700 pessoas, cerca de 150 com muita gravidade. Todos sabemos que pelo menos 37 vidas deram o último fôlego e os números devem aumentar. Mais uma vez, parou uma cidade, mais uma vez parou o mundo.

Mas, a verdadeira razão deste apontamento que provavelmente se tornará longo. Sendo contra guerras e contra qualquer acto terrorista ou qualquer acto que infrija dor ou sofrimento de qualquer tipo a pessoas inocentes, estes actos deixam-me perplexa. Primeiro porque abisma-me a facilidade do Homem se magoar a si próprio. Depois porque atordoa-me a forma como o Homem está constantemente a destruir o seu mundo.
Este acto terrorista não tem muito de diferente em relação ao dos EUA, Madrid, Marrocos ou uns quantos mais que se sucederam nos últimos anos. Mas talvez tenha sido dos que mais me revoltou. Porquê, porque coincidiu com a Conferência dos G8. Porque ali pretendia-se, nem que seja, discutir a pobreza em ÁFRICA (... áfrica também tem tropas no Iraque?!?!?) e o sobreaquecimento global. Pretendia-se discutir formas de parar com a SIDA que mata milhões todos os anos em TODO o MUNDO.. mas esperem... matar INOCENTES numa altura que se procura dar um rumo melhor ao mundo está errado portanto... toca de fazer um atentado e evitar que essa conversa decorra. O importante é que se lembrem que existem.

Considero-me uma pessoa tolerável mas, de facto, isto dá-me a volta a cabeça e por muito que tenha consciência que muitas pessoas morrem no Iraque inocentemente devido à ganância do Bush e do Blair, nada me consegue convencer da justiça destes actos, deste muito em particular pois prejudica um continente que tem vindo a morrer apesar de toda a riqueza e que não faz mal a ninguém (eu sei que há excessões) e consequentemente prejudica o mundo inteiro pois endivida-se cada vez mais e transmite imensas doenças que poderiam ser facilmente curadas. Mas, Bush e Blair não prestam e tudo o mais que 90% do mundo acha, mas em vez de tentar-se matar essas 2 pessoas continua-se a matar inocentes porque esses não têm protecção nenhuma e são alvos muito mais fáceis... mesmo que a opinião deles não interesse para nada no que toca às decisões dos países.
Sinceramente este acto repudiou-me pela falta de humanidade que teve, pela falta de respeito, pela falta de sentido, sei lá... por tudo.

Não sei se me consegui explicar. Não sei se saíu aquilo que queria transmitir. Não sou minimamente a favor das ideias do Bush ou do Blair mas muito menos posso aceitar este tipo de actos. Há que ter respeito pela vida humana e pelas decisões política e religiosa de cada um. Não posso aceitar que efectuem estes actos citando a sua religião. Não posso aceitar que uma religião se ache superior ao ponto de querer dominar o mundo, qualquer que esta seja, muito menos chegar ao ponto estúpido de matar por isso. Não sou capaz de compreender, não sou capaz de aceitar por muitos motivos que me pudessem dar.

A única coisa que espero é que nos achem suficientemente insignificantes para nunca se lembrarem de virem até cá... pois é... GNR no Iraque, sr. dr. Barroso que decidiu por Portugal inteiro (... pois é, esqueceu-se de perguntar ao país se apoiávamos a causa americana....) e juntou-se a uma aliança donde não ganhou nada e nunca foi reconhecido sequer... Espero que os portugueses não paguem caro pelo carácter vaidoso desse sr. que foi nosso PM.

Bem, perdoem-me mas estas são as minhas ideias... não pretendo sair a matar aqueles que não concordarem comigo e este é mais um apontamento de revolta, raiva, tristeza e de estupfação perante o que aconteceu hoje.

******
Cátia



ewokian @ 16:45

Sex, 08/07/05

 

Estava a ver se evitavas trazer este assunto ao de cima, após tanta divulgação, mas tenho opiniões que podem diferir das tuas. Bush e Blair culpados? Não de todo, pois ambos são fantoches de interesses de variadas indústrias, depois terroristas, condeno o modo de levarem os seus interesses avante mas percebo a causa deles, não foram eles que começaram esta guerra, esta guerra já vem do tempo do cruzados, e enquanto nós aprendemos na escola como tão corajosos foram os cruzados e os seus descendentes, provavelmente os árabes aprendem o contrário, mas não só, como o seu povo foi massacrado, etc... portanto é um grande fardo que um povo tão orgulhoso carrega e por isso terá prometido vingança.

Este mundo está sem dúvida um caos, não tarda muito para Portugal ser atacado, pois dos países que reuniram nos Açores é o único que resta. Mas isso é o menos pois uma terceira guerra mundial está mesmo ao virar da esquina, as pessoas esquecem-se que a Índia, Paquistão, Irão e principalmente a Coreia do Norte possuem armamento nuclear e csda vez mais estão inclinados a usarem. Para mim é tudo uma questão de tempo, o que por si só já me assusta bastante.

Julho 2005
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


Arquivo
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


Pesquisar
 
blogs SAPO