Cátia @ 23:07

Ter, 30/03/04

 

02grand.gif


Sabem aqueles momentos em que vos obrigam a ver aquilo que não querem ver? Sabem aqueles momentos que por muito que vocês digam que não é verdade, dentro de vós próprios sabem que a realidade é essa mesmo que seja triste?
É como me sinto neste momento. Dps de, de manhã, ter finalmente mostrado que ainda sou louca por ele, levei uma das maiores bofetadas possíveis. Não vou contar porque não tem qualquer interesse, apenas venho dizer que caí... Sinto-me o mais fundo possível agarrada nem sei bem ao quê, sinto-me completamente perdida sem saber se desisto ou se luto. Simplesmente parece-me que já perdi a batalha há demasiado tempo e ainda não fui capaz de me consciencializar disso.
Sinto que fui por um caminho desconhecido cheia de coragem e boa vontade, com um coração cheio de amor pronto a ser oferecido e que, qdo o comecei a abrir, simplesmente me rejeitaram sem dar oportunidade. E agora... estou perdida, completamente. Pareço mais um vulto esquecido do que propriamente uma pessoa com direito a encontrar um pedacinho de felicidade.
Talvez esteja a ser injusta. Sei que mta gente tem bem menos que eu, sei que estou a dar uma proporção enorme a um sentimento não retribuído qdo há tantas coisas no mundo bem piores e que infelizmente esta é uma situação banal. Mas todos os que amamos sabemos bem como é levar uma "bolachada" do nosso mais que tudo.

É triste mas, por vezes, temos de largar aqueles que amamos para que continuem a viver longe de nós, temos de lhes dar as asas que nos pedem e deixá-los ir para outros céus, para outros mundos mesmo que isso signifique a maior perda para nós. E é disto que é feito o amor, de voos sem retorno, de  castelos de areia levados pelas ondas do mar... tão bonitas... tão simples... tão fatais.

Ao ler algumas das coisas que escrevi há uns dias a caminho da faculdade eis aqui um ou dois:

"Só me apetece rebentar e gritar ao mundo, soltar as lágirmas e deixá-las escorrer num rio de sonhos perdidos e de esforços em vão. Não desistir nunca é simplesmente mto difícil, especialmente qdo a força parece ter desaparecido, talvez me busca de melhores resultados. Queria apenas q algo corresse bem... alguma das coisas mais importantes para mim corresse bem. Talvez esteja a ser injusta pq tenho imensos amigos verdadeiros, pq tenho algo q me corre bem. Mas corre-me bem pelo me esforço do pasasdo e td a luta actual parece ter perdido o sentido já que os resultados têm sido praticamente nulos. Queria algo q me desse força para lutar e seguir em frente com os melhores dos sorrisos!!! Queria um mundo que não me quer... Mas ainda assim  vou encher o peito de ar, as veias de coragem e seguir em frente pq não é a chorar ou a olhar para o passado q vou atingir os objectivos.... É para a frente, para onde correm os rios , é para cima, onde mora as estrelas, é para o meu coração, onde o melhor pedaço é-te destinado!!!"
(19, Março, 2004)

"(....)Uma força que, ao deixar-te, deixa um vazio na alma, deixa uma sensação de impotência, deixa-te no desespero, deixa-te apenas um raio de sol já meio apagado ao qual te tens de agarrar para te conseguires afastar do abismo que se aproxima."
(15, Março, 2004)


E no fim disto tudo vai uma força para um menino lindo que eu adoro e que não está lá mto bem:
Whiteman um beijo enorme, tem coragem lindo porque sabes que tudo se irá resolver pelo melhor! Conta comigo sempre! Sabes que te adoro!!!!

*****
Cátia



Março 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

14
17
18
20

22
23
25
27

28
29
31


Arquivo
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


Pesquisar
 
blogs SAPO