Cátia @ 19:27

Ter, 20/07/04

AmorNcMorre.jpg

A noite de ontem foi especial ao mesmo tempo que estranha. Em conversa com um amigo "dos tempos de escola" como ele próprio diz, parece que me abriram os olhos para algo que eu nunca notei. "Tinhas uns olhos tristes", nunca na vida tinha ouvido isto, nunca ninguém tinha sequer sugerido isso. Quando conheceu a razão dos "olhos tristes" foi como se o mundo tivesse caído para ele... Afinal a amiga do olhar triste mas sempre alegre e pronta a dar a mão, não tinha uma vida tão simples como ele sempre acreditou. "E nunca disseste nada?" Pois é... há coisas que não se contam à própria sombra quando acontecem, coisas que nós próprios não queremos acreditar que acontecem e pomos uma pedra em cima da memória esperando que nunca ninguém se lembre de a remover. E diga-se que só soube de ... nem metade eheh. E senti pela primeira vez algo que nunca tinha sentido, um aproximar mas um aproximar com um tom de pena. Foi estranho e acho que não gostei. De qualquer forma foi bom sentir alguém a puxar-nos para cima, a pôr a mão por baixo e dar-nos o que muitas vezes damos e esquecemos que também precisamos receber. Foi um gesto especial, um mimo importante!

Bem, segue-se algo saído à "pressão" dirigido nem sei bem a quem mas pronto eheheh :-P quem se identificar com o texto seguinte que se acuse!

Sabes a importância que tens para mim? Passa-te sequer pela ideia que o meu mundo gira porque me olhaste, que o meu dia fica mais alegre porque o teu sorriso brilhou na minha direcção, que um gesto teu acaba por ser mais importante que todos os sonhos por onde vaguei diarimente?
E sabes o quanto dói ver-te partir mais um dia não sabendo bem quando te voltarei a ver? Talvez amanhã, talvez nunca mais, é uma até breve que pode significar um adeus definitivo.
E sabes que me preenches o ser e me revestes o coração de amor, amizade e carinho? Sabes que dentro de mim tudo treme sempre que te vejo? Sabes que toda eu estremeço mal me tocas, num gesto suave e meigo como que se tivesses medo que eu me despedaçasse? Sabes que o meu coração bate a mil sempre que existe a possibilidade de te voltar a ver?
Sabes que o amor parte sem partir e deixa em nós resto de si, fasquias de paixão que ardem e acordam, adormecendo para um vez mais acordarem e permitirem mais um momento inesquecível?
Sabes, quero dar-te a minha vida e o meu sonho... quero-te poder pedir para ficares e saber que realmente poderás ficar... quero pedir-te o coração e saber que mo dás sem medos, sem pensares no passado, sem questionares o futuro...
Sabes... quero que sejas tu e eu ...
Sabes a falta que me fazes?

É tudo por hoje!

******
Cátia



Whiteman @ 06:01

Qua, 21/07/04

 

Hoje estavas especialmente inspirada, esta ultima parte está demais, linda mesmo, se alguem me dissesse uma coisa assim acho q me apaixonava eheh. O sortudo q se manifeste e nao perca tempo ;)
Em relação à primeira parte, segredos e tristezas todos nós as temos a quem e porque os contamos é que é outro mistério...digo eu :p
Beijocas miga **************************

Julho 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15

18
19
21
22
23
24

25
27
28
30


Arquivo
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


Pesquisar
 
blogs SAPO