Cátia @ 13:51

Seg, 25/10/04

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] fontes.jpg>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P align=center><IMG height=300 alt=teddybear.jpg src="http://lugardesonhos.no.sapo.pt/Blog/wallpapers_ru_020408_pomahbl4_teddybear.jpg" width=400 border=0 Fontes.jpg></P><P align=left><FONT color=#663300>Olhei-te nos olhos profundamente e quase consegui ler a tua alma.<BR>Mete-mo-nos no carro e rumámos longe, onde o mundo viria a saber do nosso amor. Entre palavras, risos e brincadeiras chegámos ao nosso destino. Sem esperar deparámo-nos com um dos maiores desafios que já tivemos de suportar. Complicado, confuso, difícil de esconder, tudo se teve de desenrolar de uma forma natural... e no entanto tão pouco sincera. Não tadou para que compreendessem... Não tardou para que não pudesse ser escondido.<BR>Rumámos então a outros destinos, onde as mãos podiam ser dadas e os lábios selarem beijos e declarações de amor. Por vezes procurava-te mas parecias não lá estar... Procurava-te e os teus olhos encontravam os meus... mas nunca se fixavam. Tremi. Não compreendi. Confundiu-me. Onde estavas?<BR>Com o coração a bater a mil durante todo o dia, a noite caiu e trouxe consigo as primeiras lágrimas desde há muito. Será que não passaríamos a prova de fogo? Será que seria tudo pesado demais para suportarmos o peso e a pressão? Separámo-nos...<BR>O dia nasceu. Pouco bonito, em que a chuva parecia procurar lavar os pensamentos da noite que se passara. O vento soprava forte e fazia o mar ondular e bater com força nas rochas... Mas estava lindo... Sobretudo estavamos os dois juntos connosco apenas o que tornava tudo diferente.<BR>Foram beijos e toques inesquecíveis. Foram palavras nunca antes proferidas... ou talvez nunca com tanto significado. Afinal todo o desafio tinha sido ultrapassado!<BR>Por momentos pareceu que tudo se ia quebrar, senti-me abanar, senti-me tremer, senti-me longe de ti e ao mesmo tempo tão perto.<BR>Mas ambos nos procurá-mos... ambos tentámos voltar a encontrar o ponto de equilíbrio e acreditar um no outro. Ambos queríamos o mesmo.<BR>Passo a passo construímos um castelo mais forte, mais seguro... mais nosso onde nenhuma onda será capaz de o destruir. Amo-te como nunca amei ninguém!<BR><BR>******<BR>Cátia</FONT></P>



Cátia @ 15:20

Ter, 19/10/04

GatoNaRedeLinda.jpg

Que tempo! Está mesmo daqueles dias em que não apetece fazer nada senão ficar no quentinho da casa a ver filmes debaixo de um cobertor enquanto comemos pipocas ou gelados ou qualquer coisa assim *suspiro*. Dá mesmo a preguiça nestes dias ventosos e chuvosos (também podia ser uma coisa ou outra não? As duas juntas nem se pode andar na rua...).

Ora aqui estou eu ... amanhã faço anos WEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE *pulos de alegria*... 23 anitos! E posso dizer que espero ser um dos aniversários mais felizes dos últimos anos. É que ando mesmo feliz e conto ter a maior parte das pessoas mais importantes da minha vida... bem pertinho de mim. Algumas não poderão estar fisicamente... mas sei que se lembrarão o que já muitoooooo bom! Contudo é também nestas datas ditas "especiais" que batem fortes as saudades daqueles que nos estão longe... daqueles com quem não podemos estar mas mesmo assim daqueles que nunca esquecemos "no matter what".

E nesta altura já se estão a perguntar... "E quando é que apresentas o menino e contas a vossa história"?...
Errmmm *preparando a voz... errr... os dedos*
Ora tudo começou no fim do mês de Julho quando o conheci pessoalmente num almoço de pessoal da net. Foi uma das pessoas que não conhecia com quem mais simpatizei... e era no minímo... LINDO (em termos fisicos). Extremamente extrovertido, com muitaaaaa lábia e extremamente inteligente claro que tinha de me atrair a atenção. Voltámos muito felizes para as nossas casinhas, o almoço tinha sido muito fixe, e nesse mesmo dia começámos a falar pelo MSN. Grandes noites... grandes conversas... grandes palhaçadas... até que algo começou a mexer cá dentro ... realmente... para lá das brincadeiras.
No início de Agosto ele foi para fora do país e houve alguns obstáculos, algumas confusões... Confesso que algumas das coisas que aconteceram quase me levaram a desisitir. Felizmente aconteceram perto da data de retorno dele e acabou por se resolver tudo pelo bem.
Pouco tempo depois encontrámo-nos... as coisas começaram a rolar muito rápido ao mesmo tempo que tentávamos ter calma com o que sentíamos. Foi um misto estranho.
Mas o que interessa é que estamos juntos hoje, muito mas mesmo muito felizes, muito próximos e adora-mo-nos e não nos conseguimos largar *cora*.

Há pessoas que são especiais, que apenas com um toque são capazes de mudar toda a nossa vida. Pessoas que com o simples olhar nos apaixonam e deixam para sempre uma doce recordação. Há pessoas que nos dão o coração e a vida e que em troca recebem o que temos de melhor: o amor.

Awhelly, agora que já vos melguei vou-me embora, comprar uma prenda para uma amiga e estar um pedacito com o meu amor apesar deste tempo... horrível!

Espero que as vossas vidas estejam a correr tão bem como a minha! *bate palmas*

******
Cátia




Cátia @ 23:39

Ter, 12/10/04

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] fontes.jpg>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P align=center><IMG height=300 alt=pkfloyd src="http://lugardesonhos.no.sapo.pt/Blog/pkfloyd.jpg" width=400 border=0 Fontes.jpg></P><P align=right><EM><FONT color=#663300>Imagem: pkfloyd</FONT></EM><BR></P><FONT color=#663300></FONT><P align=left><FONT color=#663300>Será que tens noção como te amo? Como o meu coração acelera só por te ver? Como os meus olhos brilham cada vez que te vejo sorrir? Como o meu corpo estremece sempre que me beijas? Como te desejo cada vez mais sempre que me tocas? Como me fazes sentir cada vez que tens um gesto menos vulgar?<BR><BR>Será que tens noção que contigo o tempo não passa... voa? Que qualquer momento por mais simples que seja se torna especial? Que qualquer lugar que antes parecia tão sem graça se torna mágico?<BR><BR>Será que tens noção que o mundo pára cada vez que não estás comigo para girar à velocidade da luz sempre que te aproximas?<BR><BR>Será que tens noção que algumas das coisas aparentemente mais simples que tens feito são das coisas que mais me marcaram até hoje e que são a maior prova de amor que me poderias dar?<BR><BR>Será que tens noção do quanto te quero? Do quanto sinto a tua falta mesmo que seja dez minutos depois de te ter deixado? Do quanto sonho acordada contigo? Do quanto te desejo perto de mim?<BR><BR>Será que tens noção que me perco em ti vezes sem conta a admirar cada pedaço do teu corpo, cada vinco do teu rosto, cada gesto, cada palavra que sai da tua boca?<BR><BR>Será que tens noção da importância que tens...?<BR><BR>Adoro a forma como falas, andas, ris, sorris. Adoro os teus olhos, o teu beijo, o teu toque o teu pensamento. Adoro a forma como pensas em mim para tudo. Adoro a forma como aceitas o meu mundo mesmo não sendo o teu. Adoro a forma como me adoras.<BR><BR>Não foram tempos fáceis e nem tudo está ainda ultrapassado mas não trocaria um único segundo que vivi contigo, não trocaria um único beijo ou toque, não trocaria um único olhar. Ultrapassámos obstáculos e ambos lutamos pelo mesmo.. por nós! Amo-te!<BR><BR>Obrigado por tudo o que me tens dado!</FONT></P><P align=left><FONT color=#663300>******<BR>Cátia</FONT></P>



Cátia @ 01:18

Qui, 07/10/04

[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] fontes.jpg>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<P align=center><IMG height=377 alt=Mil src="http://lugardesonhos.no.sapo.pt/Blog/Mil%20Fontes.jpg" width=500 border=0 Fontes.jpg><BR></P><P align=left><FONT color=#663300>Já tinha prometido fotos de Mil fontes há tanto tempo... acabei por me esquecer por completo. Como não avisei as pessoas presentes nas fotos apenas deixo o nome delas sem referenciar quem é quem: Maria João, Luís, Joana, Bruno, Marco, Vanessa, Rita e moizinha!!!<BR><BR>Depois de um período mais complicado em que pouco ou nada parecia bater certo na minha vida, as coisas começam a recompor-se felizmente. Apareceu alguém por quem estou realmente apaixonada e sei que é recíproco e que não tem medo de o sentir ao mesmo tempo que uma pessoa que se tinha afastado imenso de mim começa a reaproximar-se aos poucos. Ah... e a minha mana em princípio vai voltar para o Continente! WEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE !!!!<BR><BR>Parece-me talvez demasiado bom para ser verdade mas estou a vivê-lo... E já muitas foram as pessoas que comentaram "finalmente, estavas a merecê-lo, há muito tempo que andavas triste"... Não acho que andasse triste mas não posso negar que estou muito melhor agora. É impossível ficarmos indeferentes a uma grande paixão!<BR><BR>---------------------------------------------------------------------------------------------------------<BR><BR>Há momentos em que me sento no silêncio, tento perceber porque é que algo tão simples consegue ao mesmo tempo ser tão complicado.<BR>Fico horas no meu "cantinho" tentando arranjar uma forma de reagir bem, de não te magoar, de te dar o apoio que sei que precisas e de não olhar para mim.<BR>Mas talvez hoje tenhas dito tudo... Quero-te tanto... talvez mesmo demais! A ponto de não conseguir evitar determinadas atitudes, a ponto de deixar que determinadas coisas me toquem. A ponto de não conseguir ficar indiferente mesmo quando me asseguras que não tenho nada a recear.<BR>Não duvido de ti nem de nós, sei que é verdadeiro e maravilhoso mas tenho medo. Quero-te tanto...<BR><BR>Há momentos que me sento no silêncio... fico apenas a pensar em ti... no teu sorriso, nas tuas palavras, nos teus lábios, nos teus beijos, no teu toque.<BR><BR>---------------------------------------------------------------------------------------------------------<BR></FONT><FONT color=#663300><BR>«<EM>Trocaria a memória de tds os beijos que me deste por um único beijo teu. E trocaria até esse beijo pela suspeita de uma saudade tua, de um único beijo que te dei</EM>.»<BR><BR>******<BR>Cátia</FONT></P>



Cátia @ 20:15

Dom, 03/10/04

fialho-gouveia.jpg

Começo por dar o Adeus a mais um nome importante da história portuguesa. Que descanse em paz!

Passo agora para assuntos mais alegres: Os Jogos ParaOlímpicos. Mais uma vez os nossos atletas conseguiram grandes feitos apesar de todas as suas restrições físicas ou psicológicas e apesar do menor apoio que recebem. Os meus mais sinceros PARABÉNS! São autênticos exemplos a seguir, de pessoas cuja força interior vos faz ultrapassar os limites que a vida vos impôs! Pelas alegrias que nos deram, Muito Obrigado!

--------------------------------------------------------------------------------------------------

Senta-te aqui do meu lado.
Pára por um segundo.
Sente o bater do teu coração.
Esvazia o cérebro.
Deixar escorrer as lágrimas.
Sorri.
Sente a calma que te invade.
Abraça-me.
Fica aqui... comigo... sempre.


Boa semana para todos!!!!

******
Cátia

</font>




Cátia @ 04:40

Sab, 02/10/04

Sinto o coração apertado enquanto grita bem alto que te adoro. Sei que com tudo o que se passou hoje pode não parecer, sei que com toda a confusão pareci perder-me algures. Talvez me tenha perdido... ainda agora não sei bem onde está o meu pensamento. Sei que não te quero perder. Sei que tomaste conta de mim, da minha vida e do meu coração de uma forma que nunca antes senti. Sei que não tarda serei capaz de dizer-te que te amo e saber que o digo porque realmente o sinto.. dizê-lo com toda a certeza.

«Don't stop moving
You must keep on going
Don't stop believing
'Cause it's people like you that make the world go»
(Coldplay)

Acredito em ti. Acredito em nós. Adoro-te.

******
Cátia

</font>



Outubro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
20
21
22
23

24
26
27
28
29
30

31


Arquivo
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


Pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO