Cátia @ 01:22

Sab, 31/07/04

importancia.gif

Um olhar, uma troca de palavras, horas de conversa, o teu sorriso, tu.
Voa, sonha comigo e no meu sonha abraça-me para sempre, perde-te em caminhos sem fim e sem retorno, em pétalas de flores e gotas de água. Perde-te comigo e não te voltes a encontrar! Perde-te em mim... perde-te no nosso sonho!
É duro ver-te levar o nosso sonho para longe mesmo que o mantenhas vivo, sinto um aperto de dentro de mim, queria-te aqui como sei que era aqui que também gostarias de estar. Sinto-me perder dentro de mim, dentro de ti.
Adoro esse teu jeito, o teu sorriso, a tua inteligência, os teus olhos, a tua boca, a forma como me deixas feliz.
Vou-te seguir em cada estrela e em cada raio de sol e todas as noites a lua te dará um beijo por mim enquanto o vento te segreda ao ouvido o que o meu coração grita ao mundo.

Tens a chave do meu coração... basta que o abras!

Leva contigo um último beijo muito especial e lembra-te de mim...


Robbie Williams - Eternity

Close your eyes so you don't feel them
They don't need to see you cry
I can't promise I will heal you
But if you want to I will try
I sing this somber serenade
The past is done we've been betrayed
It's true
Someone said the truth will out
I believe without a doubt
in you

(chorus)
You were there for summer dreaming
and you gave me what I need
and I hope you'll find your freedom
for eternity, for eternity

Yesterday when we were walking
We talked about your mum and dad,
What they did that made you happy,
What they did that made you sad.
We sat and watched the sun go down
Picked a star before we lost
the moon
Youth is wasted on the young
before you know it's come and gone,too soon

You were there for summer dreaming
and you gave me what I need
and I hope you find your freedom
for eternity, for eternity

I sing this sommer serenade
the past is done we've been betrayed
it's true
youth is wasted on the young
before you know it's come and gone
too soon

you were there for summer dreaming
and you are a friend indeed
and I hope you'll find your freedom
for eternity
you were there for summer dreaming
and you are a friend indeed
and I know you'll find your freedom
eventually
For eternity, for eternity

Lembra-te de mim, se quiseres, se puderes...

******
Cátia



Cátia @ 00:20

Qui, 29/07/04

importancia.gif

Bem estou longe de estar a funcionar a 100% e também estou longe de estar calma mas o tema de hoje é o amor, a paixão e a atracção física e psicológica (isto existe??)

Sabem aquelas pessoas para quem basta um olhar e tudo dentro de nós estremece, parece que o mundo pára à nossa volta e por segundos que duram uma eternidade (estilo Matrix) os olhos percorrem-nos por dentro como autênticas chamas?
Sabem aquelas pessoas que nos prendem durante horas e horas em conversas e brincadeiras e que deixam em nós uma sensação de bem estar absoluto?
Sabem aquelas pessoas por quem sentimos uma afinidade natural desde o primeiro momento?
Sabem aquelas pessoas que nos dizem as coisas não para nos sentirmos bem mas por serem verdade mesmo que esta vá magoar?

É bom sentir que estas pessoas existem mesmo quando não as podemos ter, é bom saber que estão aqui tão pertinho e nos dão um pedaço de si e que recebem de mãos abertas um pedaço de nós.

São pessoas especiais... são pessoas que se guardam no coração.

Não é meu costume fazer isto mas tenho de fazer este "apartezinho": obrigado pelas tuas palavras ontem, pelas horas, pela paciência e pelos bons momentos. És sem dúvida especial! Boa sorte !!! Beijos roubados  :-P

******
Cátia




Cátia @ 13:45

Seg, 26/07/04

torres.jpg

Grande verdade ...! Bem estou toda partidinha :-( dói-me quase tudo lol... mas também quem me mandou não dormir? >:-P

Alguém me pediu para contar aqui o que se passou ontem... portanto aqui fica um relato pequenito ;-). Ontem foi o almoço do Staff de um fórum virtual. Poucas pessoas já se conheciam e foi bastante engraçado ver que a maioria se deu extremamente bem, havia ali uma empatia natural. Para mim foi extraordinário conhecer algumas das pessoas com quem interajo todos os dias, dar-lhes uma cara, um nome, algumas características.
O ponto de encontro era às 11h45 (se não estou em erro...) à porta de um restaurante em Leiria. Apesar dos naturais atrasos só faltou uma pessoa. A primeira impressão é desde logo a que fica claro mas foi engraçado ver como estava totalmente errada na imagem que tinha de algumas das pessoas.
Sentados numa mesa bem ao fundinho onde estava tudo mais calmo, começou-se a trocar ideias, conversas, sobretudo sobre o que se passa no fórum. Aquela mesa não se calou um segundo... ehhehe. O ponto alto do almoço foi de facto quando alguns dos presentes "sacaram dos computadores" e começaram a trocar algum material... já não bastava o tempo todo que se passa à frente de um pc, mesmo ali estavam com o bichinho presente.
Não faltaram as fotografias, a boa comida, a sangria... e muitos dedos de conversa.
Resumindo, foi uma experiência que espero voltar a repetir, repleta de momentos agradáveis e de caras bonitas! Muiiiiiiiito fixe mesmo! Gostava de pôr aqui uma foto.. mas como não tenho autorização das pessoas, não vou postar.

Não poderia deixar de dar um espacinho para o meu coração falar...
Há momentos que me percebo e sei o que quero, noutros dentro de mim reina a confusão total. Há momentos em que estás perto demais, noutros demasiado longe para perceberes que fazes parte de mim.
Consegues ouvir o meu coração a bater? Bate uma vez por mim.. e uma vez por ti...

E agora vou ver se vou à minha vida e se meto o corpo a funcionar que parece continuar desligado eheh!

******
Cátia




Cátia @ 19:27

Ter, 20/07/04

AmorNcMorre.jpg

A noite de ontem foi especial ao mesmo tempo que estranha. Em conversa com um amigo "dos tempos de escola" como ele próprio diz, parece que me abriram os olhos para algo que eu nunca notei. "Tinhas uns olhos tristes", nunca na vida tinha ouvido isto, nunca ninguém tinha sequer sugerido isso. Quando conheceu a razão dos "olhos tristes" foi como se o mundo tivesse caído para ele... Afinal a amiga do olhar triste mas sempre alegre e pronta a dar a mão, não tinha uma vida tão simples como ele sempre acreditou. "E nunca disseste nada?" Pois é... há coisas que não se contam à própria sombra quando acontecem, coisas que nós próprios não queremos acreditar que acontecem e pomos uma pedra em cima da memória esperando que nunca ninguém se lembre de a remover. E diga-se que só soube de ... nem metade eheh. E senti pela primeira vez algo que nunca tinha sentido, um aproximar mas um aproximar com um tom de pena. Foi estranho e acho que não gostei. De qualquer forma foi bom sentir alguém a puxar-nos para cima, a pôr a mão por baixo e dar-nos o que muitas vezes damos e esquecemos que também precisamos receber. Foi um gesto especial, um mimo importante!

Bem, segue-se algo saído à "pressão" dirigido nem sei bem a quem mas pronto eheheh :-P quem se identificar com o texto seguinte que se acuse!

Sabes a importância que tens para mim? Passa-te sequer pela ideia que o meu mundo gira porque me olhaste, que o meu dia fica mais alegre porque o teu sorriso brilhou na minha direcção, que um gesto teu acaba por ser mais importante que todos os sonhos por onde vaguei diarimente?
E sabes o quanto dói ver-te partir mais um dia não sabendo bem quando te voltarei a ver? Talvez amanhã, talvez nunca mais, é uma até breve que pode significar um adeus definitivo.
E sabes que me preenches o ser e me revestes o coração de amor, amizade e carinho? Sabes que dentro de mim tudo treme sempre que te vejo? Sabes que toda eu estremeço mal me tocas, num gesto suave e meigo como que se tivesses medo que eu me despedaçasse? Sabes que o meu coração bate a mil sempre que existe a possibilidade de te voltar a ver?
Sabes que o amor parte sem partir e deixa em nós resto de si, fasquias de paixão que ardem e acordam, adormecendo para um vez mais acordarem e permitirem mais um momento inesquecível?
Sabes, quero dar-te a minha vida e o meu sonho... quero-te poder pedir para ficares e saber que realmente poderás ficar... quero pedir-te o coração e saber que mo dás sem medos, sem pensares no passado, sem questionares o futuro...
Sabes... quero que sejas tu e eu ...
Sabes a falta que me fazes?

É tudo por hoje!

******
Cátia




Cátia @ 02:59

Sab, 17/07/04

017a.gif

Neste momento estou triste mas sobretudo chateada. Parece que pelo simples facto de existir sou culpada de tudo mesmo quando nada fiz. Se a "coisa" já não tivesse corrido mal, disseram-me a última coisa que queria ouvir especialmente por ser mentira... "pára de picá-lo" ... É mais uma que me vai ficar marcada, saída da mesma boca que há praticamente um ano atrás "espetou" uma das facas que mais doeu.

Neste momento tenho muita coisa encravada com vontade de sair mas tenho sobretudo a desilusão dentro de mim de ter acreditado. De ter acreditado que se sorrisse a vida me iria sorrir. De ter acreditado que devia estender a mão e dar mais uma chance. Afinal acabei por me ferir outra vez pura e simplesmente por culpa minha.

Estou cansada, estou farta de ter em mim a culpa do que não fiz, do que não pedi, do que não é meu.

Talvez não devesse fazer isto... mas vou fazê-lo na mesma... Um dia vais perceber que não sou a tua ex, um dia vais perceber que não me ando a meter com todos os homens existentes ao cimo da terra e um dia vais perceber que não te fiz nada. Parece é que esse dia vai ser tarde demais. Costuma-se dizer que à terceira é de vez... devia ter aprendido das outras 2, não aprendi e aqui está a minha paga.

A quem supostamente estou a picar... já disse tudo o que tinha a dizer.

Desapareci, longe daqui, longe de tudo, preciso de me reencontrar, preciso de reacreditar em quem me rodeia.

Vi o meu castelo desmornar-se lentamente, com pequenas gotas de água. Tudo o que fazia sentido está a perdê-lo. Pouco resta agora, não sei por onde me agarrar ... mas voltar-me-ei a agarrar como já tantas vezes fiz. Voltarei a nascer e a criar dentro de mim a pessoa que sou e que me orgulho de ser, independentemente do que acham de mim mas de coração revistido e fechado à chave onde só entra quem realmente merece.

Um obrigado a quem me virou as costas neste momento... é o abrir de olhos que estava a precisar!

Guessit tenho imensas saudades tuas, adoro-te!

******
Cátia




Cátia @ 02:50

Sex, 16/07/04

immortal.jpg

Ia no carro, tudo estava normal, uma música cantarolava baixinho ao fundo e lá à frente alguém falava de algo.
Por um momento do nada, pensei em ti, por um momento sem razão, lembrei-me de ti, por um momento sem explicação, recordei o teu beijo, por um segundo voltei a ouvir o que me segredaste naquela noite. Foi estranho relembrar-te tanto tempo depois... já vai praticamente um ano... Ao mesmo tempo que foi um doce momento o coração ainda se apertou ao relembrar aqueles minutos que nos encheram o coração.

Não sei se era suposto estar triste. Não sei se era suposto deixar rolar uma lágrima e questionar-me. Não sei se era suposto dizer que te amo ou que te adoro. Sei que dentro de mim não resta nada senão uma pequena saudade e talvez um pequeno carinho mas resta em ti um pedacinho do meu coração.

Toda esta situação é para mim estranha... recordar-te foi estranho especialmente quando há muito não pensava em ti apesar de me perguntarem constantemente se falei contigo, se isto ou aquilo. Não sei explicar mas foi estranho lembrar tudo isto e dar lugar à memória para trazer de volta pequenos pedaços de "nós".

Sinto-me feliz de ter sido forte o suficiente para me levantar e não deixar levares-me para o fundo. Sinto-me sortuda por saber que dentro de mim ainda é possível nascer o amor. Sinto-me feliz porque te conheci, porque te adorei, porque te perdi, porque te esqueci e sobretudo porque voltei a amar!

Cerca de um ano depois és parte do meu passado, de um passado que não quero esquecer mas que também não trazer comigo diáriamente, apenas nestes momentos, nestes segundos. Um segundo, uma lembrança, um passado... feliz!

******
Cátia




Cátia @ 14:39

Ter, 13/07/04

Plakinha2.gif

Não morro de amores por esta imagem mas não me estava a apetecer fazer outra com este texto ehehe por isso para já fica essa. Os créditos vão para o Loukas de Plantão ;) Essa música tem uma letra linda e a melodia também não é nada má!

Não sei bem sobre o que escrever mas vamos ver o que sai. Tenho dois assuntos em mente.
O primeiro é a forma como algumas pessoas entram nas nossas vidas, ganham um lugar especial dentro de nós e, por muitas voltas que o mundo dê, continuam a ter esse cantinho delas assim como nós contínuamos a ser uma parte de si. Isto é algo que é impressionante e cada vez mais noto que realmente acontece. Por muito afastadas que as pessoas estejam, por muito diferentes que sejam os seus pensamentos, quando entram dentro de nós não voltam a sair. Ou pelo menos enquanto gastarmos um minuto das nossas vidas a lembrá-las e a mantê-las vivas dentro de nós.

Para uma dessas pessoas que é muito especial para mim apenas posso dizer: adoro-te e sempre que penso que me esqueceste estendes-me a tua mão e mostras que ainda vivo dentro de ti como tu vives dentro de mim. Muito mas mesmo muito obrigado!

O outro assunto é algo chato... Tenho notado de dia para dia que as amizades que começaram através da net se têm vindo a detriorar de dia para dia. Talvez por culpa minha até porque não ando com tempo ou paciência para estar muito tempo de frente ao computador mas também porque me parece começar a faltar qualquer coisa.

Por último deixo um beijo muito muito muito muito grande para o guessit que está a passar por uma das situações mais complicadas. Tem muita força lindo, conta comigo sempre! Adoro-te mesmo muito!!!!!!

Boa semana para todos!

******
Cátia



Cátia @ 16:00

Qua, 07/07/04

Sempreamarei.gif

Era suposto falar do Euro... mas confesso que não me apetece... por isso vou falar de qualquer coisa que não sei o que é ainda :-$.

Era costume verem-me falar de amor neste blog, mas o meu coração ou a minha cabeça andam numa confusão tal que não sou capaz de dizer que amo alguém, pelo menos da maneira que eu considero que é amar.

Falarei talvez de pessoas que tiveram o meu coração e apenas quando o perderam se aperceberam que talvez o quisessem mais do que mostraram. É estranho até que ponto a vida dá voltas e acabamos por negar a um "amor" da nossa vida a hipótese de estar connosco quando ele realmente quer. Ou quando finalmente ouvimos da sua boca "gosto mesmo de ti" mas.... já perdeu o significado que teria algum tempo atrás.

É estranho fechar portas ou pelo menos encostá-las quando por trás delas estão pessoas que significaram tanto para nós. Mas a vida é assim... e se tudo corresse sempre bem não daria tanto gozo vivê-la!

Divirtam-se e lembrem-se de sorrir e ser muitooooo felizes!!!

******
Cátia




Cátia @ 02:12

Ter, 06/07/04

Portugal tem orgulho!

Cristiano Ronaldo 
Rui Costa

Obrigado

Incrédulos 
Fair Play

Mesmo Assim PORTUGAL!

Não resiti a postar estas imagens para mim fenomenais.
Podemos não ter atingido o céu mas estivémos bem lá perto e é sempre bom lembrar que mais vale tentar do que nunca arriscar! Tenho orgulho em ser Portuguesa!

Parabéns selecção, Parabéns à organização do Euro2004 mas sobretudo Parabéns ao povo Português que finalmente mostrou que o seu coração bate por um país! Obrigado por tudo!

Á equipa grega, os Parabéns apesar de não gostar do tipo de jogo. Mas marcaram e por isso venceram, talvez os Deuses do Olímpo lhes tenham dado o pedacito de sorte que Portugal não teve!

A todas as equipas participantes, a todos os fans, a todo o mundo que girou à volta deste evento, Parabéns, Obrigado e até sempre!

PARABÉNS PORTUGAL!

Amanhã comentarei decentemente o Euro ;-)

Nota: Aproveito para felicitar todos os meus colegas da arbitragem que conseguiram alcançar as suas metas e uma palavra de força para aqueles que viram os seus "sonhos" nesta área serem retidos! Beijos e boas férias!

******
Cátia




Cátia @ 00:05

Sab, 03/07/04

vcsempreserah.gif

Essa imagem está no mínimo espectacular... Parabéns às Loukas de Plantão pela criatividade!

Hoje começo a escrever sem saber ao certo sobre o que vou falar... muitas coisas me têm "assombrado" o pensamento nestes últimos dias: uma atitude que não gostei de tomar mas que teve de ser, algumas questões relacionadas com o mundo, a relatividade de algumas amizades mas também umas palavras que me ficaram marcadas de alguém importante para mim: "tu diferencias perfeitamente os teus amigos "reais" dos da net". Na altura não compreendi estas palavras, mas penso que hoje compreendi-as.
É então por este assunto que vou começar. No início do Euro2004 tomei a iniciativa de "misturar" alguns conhecidos e amigos de longa data com algumas das pessoas da net com quem me dou melhor. Foi então que uma dessas pessoas me disse qualquer coisa do género do que referenciei ali mais acima. Na algura não percebi e a pessoa também não me soube explicar. Hoje penso que percebo. As pessoas da internet que conheci até hoje, na maioria senão na totalidade dos casos conheceram-me em jantares de canais de irc, em restaurantes onde a liberdade de acção é algo limitada, pelo menos para mim. Também é óbvio que, não conhecendo completamente as pessoas e ainda numa fase de "apalpar terreno" não nos mostramos tanto. Há que ser verdadeiro mas não é preciso provocar choques eheh!
No jogo de abertura do PT-Grécia estava muito mais solta, perto daqueles que sabem bem como sou e que gostam mais ou menos de mim, mas que já me viram várias vezes "solta" e basicamente a fazer o que me dá na telha!
Penso que foi neste sentido que esse meu GRAAAAAANDE amigo ;-) disse isso ... eu estava algo diferente.. de uma forma que ele ainda não me tinha visto... mais solta.. mais "eu"!

Qto ao "assuntos do coração" que tantas vezes vêem aqui abordados e que já por demasiadas vezes foram mal interpretados... bem neste momento o meu coração está numa salganhada completa, penso que "fechado para balanço" numa tentativa, talvez algo frustrada, de se proteger mas ainda com uma pequena chama a arder e a mantê-lo quente.

Não me vou alongar já que não tenho nada bonito para escrever mas deixo-vos com uma imagem dedicada a Portugal e uma frase interessante ;-)!

forcaportugal.gif


"Nas asas do tempo, a tristeza voa"

Bom fim de semana e vamos torcer pela vitória lusitana!

******
Cátia



Julho 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15

18
19
21
22
23
24

25
27
28
30


Arquivo
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


Pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO