Cátia @ 16:22

Qui, 18/11/04

new_moon1_1.jpg

Nos últimos dias o meu pensamento tem sido como que "assombrado" por pessoas que fazem parte da minha vida, que eu amo mas que tenho muitas saudades pois, por esta ou aquela razão, a distância física nos separa... Num caso especial nem sei explicar o que nos separa... Talvez um orgulho estúpido de ambas as partes.
Vezes sem conta já me perguntei se não me arrependerei de ter perdido estes dias quando me der conta que não os posso recuperar. Vezes sem conta já me perguntei a mim mesma se não serei capaz de desculpar e voltar a fazer o que fiz vezes sem conta no passado... Guardar bem no fundinho de forma a muito raramente ser relembrado e desta forma permitir que tantas e tantas pessoas permaneçam junto de mim.
Há algo que não consigo compreender nalgumas pessoas... A sua necessidade de afastarem de si as pessoas que as amam, que querem o melhor para elas mesmo que não tenham poder económico para lhes prometer mundos e fundos ou se calhar para as ajudar em determinadas coisas. Ás vezes parece-me que não sabem distinguir o não poder ajudar do não querer ajudar.
Outra coisa que não consigo compreender é a necessidade de magoarem os outrros... propositadamente... muitas vezes apenas para conseguirem uma reacção, tantas vezes pouco sincera e regada apenas de mágoa momentânea como que numa explosão.
Talvez me digam que tudo isto, no fundo é amor. Talvez até possam ter razão, apenas me parece inconcebível magoar alguém apenas para encher um pouco mais o nosso ego ou afastar as pessoas de nós só para que nos possamos queixar ao mundo o quanto os outros são insensíveis e egoístas e não nos ligam nenhuma... quando na realidade fomos nós próprios que os obrigámos (literalmente...) a afastarem-se.
Sei que tomamos caminhos na vida que muitas vezes não nos orgulhamos, que compreendemos ser errados... Sei que custa admitir que não fizemos a melhor escolha e sei que custa pedir ajuda... Mas custa ainda mais que, quem nos rodeia tenha consciência que necessitamos dessa ajuda e, por orgulho ou teimosia, não a aceitamos...
Na realidade, as escolhas que fazemos têm sempre consequências, mesmo as mais insignificantes, e quanto mais amor nos tiverem, maiores serão as consequências... ou pelo menos assim acredito!
(Errmmm peço desculpa a quem não tiver percebido patavina do que escrevi aí em cima... na realidade é mais um desabafo e só quem me conhecer melhor é que deve perceber de quem falo e de todos os pontos que foco... sorry!)


Passando agora a coisas mais felizes... O meu amôri!
Recentemente o meu anjinho deu um passo de gigante na nossa relação. Aparentemente pode nem ser tão grande mas para mim tem um significado enorme tendo em conta que envolve pessoas que lhe são extremamente próximas e importantes. Foi preciso coragem e cuidado mas a realidade é que o fez, mais uma vez, quando eu não o esperava. É por causa destas pequenas coisas que cada vez acredito mais em nós! Obrigado!!!!! Amo-te :-*

Eu gostava de olhar para ti
E dizer-te que és uma luz
Que me acende a noite
Me guia de dia e seduz

Eu gostava de ser como tu
Não ter asas e poder voar
Ter o céu como fundo
Ir ao fim do mundo
E voltar

Eu não sei o que me aconteceu
Foi feitiço, o que é que me deu
Para gostar tanto assim de alguém
Como tu

Eu gostava q olhasses para mim
E sentisses q sou o teu mar
Mergulhasses sem medo
Olhar em segredo
Só para eu te abraçar

O primeiro impulso é sempre o mais justo
É mais verdadeiro
E o primeiro susto dá voltas e voltas
Na volta redonda de um beijo profundo.


Bem e por último... :-P, a banda do meu mano toca amanhã (6ª feira) no Santiago Alquimista (Lisboa) lá pelas 23 horas. Espera-se casa cheia e um concerto muitoooooooo fixe! Se puderem dêem um saltinho por lá e aplaudam muito!
Site oficial de ashfield:
www.ashfield.ws


Pedro, espero as rápidas melhoras da tua mãe! Boa sorte!


Tenham um excelente dia!

******
Cátia



Novembro 2004
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
12
13

14
15
16
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29


Arquivo
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


Pesquisar
 
blogs SAPO